Cases

Português avançado para estrangeiros

logo-ccliPor meio de um programa de intercâmbio, o estudante norte-americano, de 19 anos, Mark Willian Dittman, veio ao Brasil. Depois de algum tempo no país, ele já conseguia se comunicar em português, mas queria melhorar seu vocabulário e entender melhor a fala espontânea das pessoas. Por isso, ele iniciou na CCLi aulas de português para estrangeiro.

As aulas envolviam expressões do português do Brasil e também escrita formal, a fim de que o aluno soubesse diferenciar as modalidades formal e informal da língua. O conteúdo, elaborado aula a aula, envolvia o uso de músicas e vídeos. Todas as aulas foram comunicativas, nas quais ele tinha que desenvolver argumentos coerentes para discutir determinados assuntos.

“O Mark se interessava muito pelas aulas sobre gírias e expressões comuns do português do Brasil e, depois dessas aulas, ele usava as gírias com os amigos brasileiros e depois vinha me contar da repercussão”, descreve a professora Paula Equi.

O resultado não poderia ser diferente: o aluno progrediu em seus conhecimentos de língua portuguesa, o que vai ajudá-lo em sua graduação (Relações Internacionais) que fará nos EUA.