Cases

Português intensivo para estrangeiros

marlonO norte-americano Marlon Morales, comissário de bordo da empresa de aviação Delta Airlines, começou a fazer voos para a América Latina, por isso sentiu a necessidade de aprender português, além disso ele tinha o objetivo de prestar uma prova que exigia conhecimento nessa língua e assim se tornar chefe da equipe de comissários.

Ele veio ao Brasil para fazer aulas em uma escola na cidade de São Paulo, entretanto, não obteve o resultado esperado. Ele pediu, então, uma indicação a uma amiga dele e, coincidentemente, aluna da CCLi, a qual indicou nossa empresa, que logo se encantou. Como ele conseguiu ser liberado por dois meses para vir ao Brasil estudar português, a CCLi elaborou um plano de aulas que se adequasse ao tempo que ele teria. Durante esses dois meses, ele realizou aulas nos períodos manhã e tarde, de segunda a sexta-feira.

Uma equipe de quatro consultoras foi formada para ministrar as aulas a Marlon: duas consultoras com especialidade na área de língua portuguesa e duas na área de língua inglesa. Enquanto aquelas trabalhavam mais a parte estrutural da língua, estas auxiliavam o aluno principalmente nos momentos em que ele se sentia falta de uma referência na língua inglesa.

O curso visou a uma imersão na língua portuguesa, tanto que algumas aulas foram externas à sala de aula. As consultoras levaram o aluno a vários lugares para desenvolver o vocabulário e a fluência em contextos reais: aeroporto, restaurante, shopping, planetário, entre outros. “Desse modo o aluno pode se familiarizar com a língua falada pelos brasileiros, o que o motivou a manter o interesse nesse ritmo intensivo de aulas”, afirmou a consultora Letícia Pereira.

O resultado não poderia ser diferente. O aluno se tornou fluente no idioma-alvo e ainda obteve sua aprovação na prova oral de língua portuguesa.