Meu 'admirável livro novo'

Ipad é nova sensação de Rio Preto. Para compradores da cidade, tablet, além de trazer funções de um netbook convencional, também substitui os livros, revistas e outras publicações nacionais e internacionais feitas em papel

Se o alvoroço do Ipad dominou o mundo, era questão de tempo para chegar a Rio Preto. O tablet da Apple, que leva a bandeira dos reader’s nas costas, vem dominando até usuários aqui. Os aparelhos substituem leituras no papel pela LCD touchscreen de 9,7 polegadas.
Viciado em tecnologia, o diretor de consultoria Daniel Fernando Rodrigues, 33 anos, é um dos rio-pretenses que aderiram ao Ipad como ferramenta no dia a dia. “Foi um presente para mim mesmo”, brinca, sobre a compra.
Rodrigues comprou o aparelho em dezembro (no mesmo mês de lançamento no Brasil) e se apaixonou. “Como trabalho com vários idiomas, leio publicações internacionais. Desde o ‘Finacial Times’, ‘New York Times’ e outras revistas que não temos acesso  no país”, explica.
Os livros também ganhando espaço nesta nova mídia digital. “Antes comprava livros pelo site Amazon.com, demorava três meses, e pagava 35 dólares de frete”, conta. “Com e-book’s (livros para leitura virtual), compramos sem pagar o frete.”
Antes difíceis de ler em monitores, devido ao desconforto, os tablet’s trouxeram a praticidade de um livro. “Gosto da mobilidade do aparelho. É fácil de carregar para os lugares”, conta, sobre o aparelho que pesa 613 gramas (na versão 3G) e sua espessura é de 8.8 milímetros.
E não foi só Rodrigues que foi conquistado em Rio Preto pelo Ipad. Natalia Buosi Araújo, agente de turismo de 27 anos, também trata como a melhor compra que fez. “Meu marido me deu de presente de aniversário”, conta a agente, bem animada.
Ela já pensava em comprar um netbook, mas as funções e a beleza do aparelho a fizeram mudar de escolha. “Todos que pegam para ver ficam impressionados. Querem mexer, usar…”, diz.
Alguns amigo de Natalia falaram que não comprariam por falta de uma entrada USB ou leitor de CD/DVD no tablet. Mas para ela, isso pouco importa. “Não sinto falta de absolutamente nada usando só o IPad.”
Os modelos atuais do tablet variam de harddrive (capacidade de armazenamento) de 16, 32 e 64GB, todos com wi-fi e uma versão opcional (mais cara) com tecnologia 3G. Muito pouco para um computador pessoal, mas razoável para as funções que se dispõe a fazer, além de disponibilizar  a tela para facilitar a leitura, pode-se consultar e-mail’s, navegar na internet, além de games especialmente feitos para a plataforma.
Apesar da moda, vai demorar para o aparelho ficar acessível. O preço caiu, com o lançamento internacional da segunda geração do aparelho, mas o mais barato está R$ 1,4 mil (16GB e sem 3G).
Sobre a Apple
Depois da retomada de Steve Jobs (co-fundador da Apple) na empresa, ele se focou em novidades tecnológicas. Primeiro foi o Ipod, MP3 player com grande capacidade de armazenamento (alguns com até 160GB) e o Iphone, que reunia as funções do Ipod com um celular moderno e ampla tela touchscreen. Depois o Ipad, colocando a Apple na disputa de tablet (aparelho com tela ampla, para facilitar a leitura de livros, revistas e até conteúdos de sites). Além de vistos como “fetiches tecnológicos”, os usuários também veem outra vantagem: a bateria dura mais de 10 horas em uso.

Comente

shutterstock_422490445 Mais notícias

01 dezembro

CCLi de férias!

Conheça os horários de fim de ano


Notice: Undefined variable: cacheBlock in /home/cclinet/www/wp-content/themes/ccli/single.php on line 72

Fatal error: Call to a member function end() on null in /home/cclinet/www/wp-content/themes/ccli/single.php on line 72