5 porquês para estudar espanhol

Segundo idioma mais falado mundialmente, o espanhol também é a língua oficial da maioria dos países que fazem fronteira com o Brasil

Idioma oficial em 21 países pelo mundo, entre eles estão a maioria dos países que fazem fronteira com o Brasil (Argentina, Bolívia, Colômbia, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela), o espanhol é a segunda língua mais falada no mundo: de acordo com pesquisas, somam-se 400 milhões de falantes.

Assim como o português, o espanhol também se originou do latim vulgar, por isso, há uma grande semelhança entre os dois idiomas. Em decorrência dessa semelhança, nasceu o que chamamos de “portunhol”, uma mistura de português e espanhol com o qual os falantes de ambas as línguas tentam se comunicar mesmo sem serem fluentes nos dois idiomas. Contudo, há um problema: existem muitos falsos cognatos entre essas duas línguas, o que resulta em situações engraçadas, mas também embaraçosas.

Vamos, então, conhecer os 5 porquês para começar a estudar espanhol!

 

Porquê 1

Conhecer mais sobre a cultura hispanohablante: muitos dos nomes mais conhecidos da arte moderna são de origem espanhola. Você já ouviu falar do Guernica? É uma pintura cubista que retrata os horrores da guerra na cidade espanhola Guernica. Ela é de autoria de Pablo Picasso, pintor espanhol cuja obra é muito admirada em todo o mundo. E sobre a Frida Kahlo? Impossível dizer que não! A pintora mexicana que se tornou um símbolo pop da atualidade, é conhecida tanto por seus autoretratos com inspiração surrealista quanto por sua vida pessoal. Hoje, há um museu no México dedicado à pintora, La casa azul, que foi seu lar quando viva.

 

Porquê 2

Aproximarmo-nos dos nossos hermanos: o Brasil é um dos raros países da América Latina em que não se fala o espanhol como língua materna. Porém, a aproximação com os hermanos é inevitável – culturalmente, politicamente e economicamente estamos vinculados aos países latino-americanos. Como integrante do Mercosul, falar espanhol passou a ser essencial para os brasileiros que visam ingressar para o mercado hispano-americano; ou para aqueles que desejam turistar pelas belas paisagens que esses países têm a oferecer – que são muitas: Machu Picchu no Peru; a cordilheira dos Andes que abrange Venezuela, Chile, Argentina, Peru, Bolívia, Equador e Colômbia; a Patagônia argentina ou a belíssima Cancún, no México.

 

Porquê 3

Para não passar vergonha com o portunhol: como já foi dito anteriormente, o “portunhol” surgiu da necessidade de comunicação entre falantes do português e do espanhol que não dominavam as duas línguas. A estratégia “quebra um galho”, mas não é totalmente eficaz, pois os falsos cognatos do espanhol e do português fazem com que ocorra situações complicadas em que o falante acha que está dizendo alguma coisa, mas possui um significado bem diferente na outra língua. Então por que não aprender de verdade a falar espanhol? Justamente por serem parecidos, o aprendizado do espanhol torna-se mais fácil para os brasileiros e, assim, evita-se situações comprometedoras!

 

Porquê 4

Ler as obras originais da literatura espanhola: quando se pensa em literatura estrangeira há o equívoco de considerar apenas da literatura inglesa como representante do gênero, ignorando as demais que são tão ricas quanto ela. A literatura espanhola, por exemplo, é responsável por muitos clássicos universais e atemporais; talvez o mais conhecido sejaDon Quijote de la Mancha (Dom Quixote de la Mancha), obra de Miguel Cervantes. Dom Quixote, personagem emblemático do livro, luta contra moinhos de vento acompanhado de seu fiel servidor, Sancho Pança. Uma história cheia de metáforas, daquelas para ser lida pelo menos uma vez na vida.

Outro clássico espanhol é Cien Años de Soledad (Cem anos de solidão), de Gabriel García Márquez. Considerada uma obra-prima da literatura hispânica, o livro narra a mítica história da cidade de Macondo e de seus inesquecíveis habitantes e a saga da família Buendía ao longo de várias gerações.

 

Porquê 5

Ter mais oportunidades profissionais: se o inglês é hoje uma obrigação no currículo, o espanhol segue o mesmo caminho. Por ser a segunda língua mais falada e estar presente tanto na América do Sul quanto na Europa, as oportunidades profissionais para quem possui fluência no idioma são muitas. Além de multinacionais espanholas, muitas empresas brasileiras também estão expandindo seus negócios para o mercado latino-americano, e falar espanhol com certeza será um fator determinante para a escolha do candidato a ser contratado.

 

Realmente existem boas razões para estudar espanhol, não é mesmo? Então, não adie mais, venha logo para a CCLi fazer o seu diagnóstico de aprendizado e matricular-se em uma de nossas turmas de espanhol. A nossa metodologia é personalizada e o nosso foco é auxiliá-lo no alcance dos seus resultados! Clique aqui e os nossos consultores entrarão em contato. ;)

Comente

aprender espanhol Mais notícias

11 agosto

5 motivos para um universitário aprender espanhol

Com o desenvolvimento da América do Sul, o espanhol tornou-se uma língua tão…


Notice: Undefined variable: cacheBlock in /home/cclinet/www/wp-content/themes/ccli/single.php on line 72

Fatal error: Call to a member function end() on null in /home/cclinet/www/wp-content/themes/ccli/single.php on line 72