Mercado independente: furada ou sacada?

Nesta sexta-feira, profissionais que escolheram a “independência” na hora de criar e divulgar um projeto comandam bate-papo sobre o assunto no CCLi

Investindo na contramão das grandes empresas, produtores artísticos, músicos, profissionais da comunicação e escritores têm visto no processo independente de produção e divulgação dos seus trabalhos uma forma de se lançar e se manter no mercado. E é com esse tema que acontece o evento Café com Arte nesta sexta-feira (21/10), às 19h30, no Café Falado.

Comandam o bate-papo o jornalista e blogueiro Marcelo Dias, o cartunista Alex Sander e a psicóloga Juliana Bilanchi, que irão falar sobre a carreira, contar como começaram a escrever e fazer sua avaliação sobre o fato de darem acesso a tantas pessoas àquilo que escrevem. “Decidimos trazer para um bate-papo pessoas que se dispuseram a escrever, de alguma maneira, e que usam formas diferentes para divulgar o seu trabalho, deixando de lado as fórmulas estabelecidas pela grande indústria”, explica a coordenadora do evento, Olinda Aleixo.

Com uma ideia na cabeça e lápis na mão, o cartunista Alex Sander, que atua profissionalmente no mundo dos quadrinhos há 12 anos, defende que a produção independente de certos materiais é mais vantajosa do que estar nas grandes editoras. “Como trabalho com tiras de humor, com o cotidiano, a publicação independente me dá mais liberdade para criar e direcionar o material final. Sou o escritor e editor da minha obra”. Alex, que é um dos autores do recém-lançado “Tiras de Letra”, enxerga na internet a possibilidade de ir mais longe e atingir um público maior. “O alcance da internet é fantástico e funciona muito bem para a publicação de tiras”, explica. O cartunista publica material em quatro blogs diferentes, como o www.burraxa.blogspot.com.

O jornalista Marcelo Dias, por sua vez, percebeu no mercado das mídias digitais um novo foco para produzir conteúdo jornalístico voltado para as empresas. “A revolução que a internet trouxe está mudando a forma de atuação do mundo corporativo e, com isso, também muda o papel que o telespectador tem dentro desse contexto”, afirma. Há dois anos, Marcelo investe na prestação de serviços de consultoria e conteúdo para TV web.

Longe dos meios digitais, mas com a mesma escolha, a escritora de primeira viagem e psicóloga Juliana Bilanchi optou pela produção e publicação independente do seu livro por acreditar que era a melhor saída para obter um direcionamento mais satisfatório do material. “Tentei algumas editoras e já estava com o contrato assinado, mas, por conta de alguns entraves, desisti. Quem sabe numa outra etapa?”.

Além do bate-papo, o Café com Arte contará com coquetel. Para participar, é preciso adquirir convite no valor de R$ 25. Os ingressos são limitados. O evento acontece no CCLi Consultoria Linguística, localizado na Avenida da Luz, 3421, Alto Rio Preto.

Comente

aprender espanhol Mais notícias

11 agosto

5 motivos para um universitário aprender espanhol

Com o desenvolvimento da América do Sul, o espanhol tornou-se uma língua tão…


Notice: Undefined variable: cacheBlock in /home/cclinet/www/wp-content/themes/ccli/single.php on line 72

Fatal error: Call to a member function end() on null in /home/cclinet/www/wp-content/themes/ccli/single.php on line 72