Organização divulga tema do Prêmio Jovem Cientista de 2011

Estudantes e graduados podem concorrer a prêmios em dinheiro

          O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) comemorou seus 60 anos em um evento no Teatro Nacional, em Brasília, nesta quarta-feira (27), onde também foi apresentado o tema da edição de 2011 do Prêmio Jovem Cientista.

          Neste ano, os estudantes deverão entregar trabalhos sobre “cidades sustentáveis”. As inscrições poderão ser feitas de 2 de maio a 31 de agosto pelos Correios ou pelo site www.jovemcientista.cnpq.br.

          Ao todo, são quatro categorias: graduados no ensino superior, estudantes de ensino superior, estudantes de ensino médio e mérito institucional.

          Os três primeiros lugares entre os estudantes de ensino médio ganham laptops, assim como seus orientadores e escolas. As linhas de pesquisa são:

– ambientes sustentáveis: casa, escola, trabalho, espaços públicos;
– planejamento urbano e qualidade de vida;
– gestão das águas no meio urbano;
– políticas de mobilidade nas cidades;
– agricultura urbana;
– gestão de resíduos: orgânicos, inorgânicos e perigosos;
– e impactos das mudanças climáticas nas cidades.

          Na categoria “graduados no ensino superior”, o primeiro lugar leva R$ 30 mil, o segundo, R$ 20 mil e o terceiro, R$ 15 mil. Entre os estudantes do ensino superior, os prêmios são de R$ 15 mil, R$ 12 mil e R$ 10 mil respectivamente. Os trabalhos devem ser sobre:

– vulnerabilidade, risco e mudanças climáticas nas cidades;
– urbanização, ambiente e gestão das águas urbanas;
– produção do espaço urbano e apropriação da natureza relacionada com a questão do solo, água, ventos e dos recursos energéticos;
– políticas urbana, ambiental e de saúde relacionadas com a questão do lixo;
– planejamento urbano, gestão e conflitos ambientais;
– políticas de transporte e de mobilidade nas cidades;
– agricultura urbana e cidade sustentável;
– implicações socioambientais da legislação urbana;
– paisagem urbana e arquitetura sustentável;
– e cidades em fronteiras transnacionais e gestão ambiental.

          O “mérito institucional” premia R$ 35 mil cada para a escola de ensino médio e a instituição de ensino superior que tiverem os maiores números de trabalhos com mérito científico inscritos. Há ainda uma “menção honrosa” de R$ 20 mil para um cientista com doutorado de destaque na área.

          Todos os premiados também ganham uma bolsa de estudo do CNPq e os primeiros colocados participarão da Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) de 2012.

          A premiação é uma iniciativa do CNPq, em parceria com a Fundação Roberto Marinho, a Gerdau e a General Electric do Brasil (GE).

[FONTE: Portal G1]

Comente


Fatal error: Call to a member function end() on null in /home/cclinet/www/wp-content/themes/ccli/single.php on line 72