CCLI Consultoria Linguística Menu
Rio Preto ganha um jardim de poesias

Rio Preto ganha um jardim de poesias

Nesta sexta-feira (03/12), o CICC (Centro Integrado de Ciência e Cultura) realiza, às 9h, o lançamento de seu Jardim de Poesias. O significado do nome é literal: em uma área de 1.500 m², localizada à esquerda da entrada principal da instituição, foram cultivadas mais de vinte espécies de plantas; associadas a elas, foram instaladas placas de madeira que contêm poesias. Em vez de autores consagrados, a seleção de poemas contemplou artistas mirins, que, de abril a novembro, participaram de oficinas sobre criação poética no CICC.

O projeto “Jardim de Poesias: semeando leitores” beneficiou 150 alunos da rede municipal de Rio Preto, provenientes das 8ª e 9ª séries do ensino fundamental e do 1º ano do ensino médio. Contemplado pelo Programa de Apoio à Extensão Universitária às Universidades no Estado de São Paulo, realizado pelo Ministério da Cultura, o trabalho foi desenvolvido em parceria com a Unesp e a Secretaria Municipal de Educação e com o patrocínio do Fundo Nacional de Cultura.

A proposta foi promover a consciência da cidadania por meio de ações pelo discurso e pela arte e difundir a leitura da literatura entre os jovens. Ao longo dos oito meses de projeto, os alunos assistiram a oficinas que trataram de temas do universo poético, como figuras de linguagem, mídias modernas de difusão da arte, sonoridade, ritmo etc. O ponto alto dessa atividade foi uma oficina com o poeta e diretor da Casa das Rosas, de São Paulo (SP), Frederico Barbosa, em novembro.

“Além da leitura, o projeto também buscou incentivar a preocupação com o cuidado e a preservação do meio-ambiente”, destaca a assistente do espaço das Linguagens do Centro, Ana Carolina Caretti. Para isso, também foi realizada uma oficina na área de biologia, em que os alunos discutiram o motivo de se plantar um jardim e o que cultivar nele.

Como resultado, foram escritas mais de 150 poesias, de sonetos a versos livres. Inicialmente, o Jardim vai conter cerca de trinta placas de poesias e mais de 200 plantas, de 24 espécies, como azaléia, lírio amarelo, moréia branca e pés de goiaba, romã e amora, adquiridas pela Faperp (Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio Preto), pela Unesp/Ibilce e pelo Viveiro Municipal. A área será incluída no roteiro das visitas monitoradas ao CICC para que sejam abordados, a um só tempo, aspectos da biologia e da literatura.

A entrada para o evento de inauguração é franca e aberta a todos os interessados. O CICC fica na Av. João Batista Vetorazzo, 500, Distrito Industrial. Mais informações pelo telefone (17) 3232-9426.

Fonte: CICC