Skimming e Scanning: estratégias de leitura para textos em línguas estrangeiras

Ler um texto em outro idioma não precisa ser um desafio. Aprenda métodos que podem facilitar sua leitura e tradução de textos estrangeiros

Há quem pratique a leitura por prazer e há os que a fazem por necessidade. Independente do porque, ler exige concentração, capacidade interpretativa e atenção. Para textos escritos na língua do falante, em nosso caso a língua portuguesa, talvez a atividade não represente uma dificuldade, já que se acredita que o leitor possua um conhecimento das nuances do próprio idioma, os significados das palavras, as figuras de linguagem etc.

Porém, quando se estuda um segundo idioma como, por exemplo, o inglês, a leitura pode tornar-se um desafio. O motivo? Pouco vocabulário, dificuldade em inferir significados das sentenças, não conhecer termos técnicos ou expressões idiomáticas, entre inúmeros outros. Mas não é por ser um desafio que o exercício da leitura não deve ser praticado. Além de trazer muitos benefícios para a mente, ler é essencial para o aprendizado de uma segunda língua, como já falamos neste texto.

 

Estratégias de leitura para textos escritos em outras línguas

O que muitos leitores não sabem é que existem estratégias de leitura que podem facilitar a compreensão e a tradução de obras e textos escritos em outras línguas ou, ainda, selecionar rapidamente o que pode ser importante ou não para quem lê. As estratégias de leitura das quais estamos falando são conhecidas como Skimming e Scanning, se você nunca ouviu falar sobre esses termos, não se assuste! Iremos explicar abaixo o que são, como e quando utilizar cada um deles.

 

Skimming

“Passar levemente sobre”, esse é um dos significados atribuídos ao termo e que mais tem a ver com o sentido da técnica. A estratégia de leitura Skimming consiste em uma rápida e superficial “olhada” no texto, procurando explorar suas informações. Nessa hora, o leitor deve atentar-se para as pistas tipográficas (números, datas, gráficos, figuras, fotografias, palavras destacadas, cabeçalhos, etc.), cognatos, falsos cognatos e tudo o que possa ser tido como uma dica do que se trata a ideia geral do texto ou seu tema. Ou seja, essa técnica serve para que o leitor tenha uma compreensão geral (General comprehension) sobre qual assunto o texto discorre.

 

Scanning

Como o a palavra sugere, a técnica de Scanning consiste em um escaneamento, uma varredura do texto em busca de informações objetivas. Essa estratégia de leitura é recomendada para uma leitura mais específica: quando se deseja encontrar um determinado significado, uma palavra-chave, uma informação em particular. Ela é geralmente empregada quando buscamos palavras em dicionários, um endereço ou número em listas telefônicas, e pode ser muito útil em situações cotidianas.

 

A escolha da estratégia de leitura deve estar de acordo com o objetivo da leitura. “Ao optar pela estratégia de Scanning, o leitor sabe exatamente o que está procurando, ou seja, ele está em busca de uma informação específica, ao passo que, ao usar a Skimming, o leitor procura inferir o sentido geral do texto, inclusive para, muitas vezes, decidir se vai ou não ler todo o texto de forma mais detalhada”, comenta Adriana Cavalini, consultora de inglês na CCLi.

Viu como pode ser muito mais fácil ler em outros idiomas? Se você já está aprendendo uma segunda língua, coloque em prática essas técnicas para melhorar sua proficiência. Se ainda não está, não perca mais tempo! Entre em contato conosco e agende sua entrevista, temos o curso ideal e personalizado para o seu aprendizado.

Comente


Fatal error: Call to a member function end() on null in /home/cclinet/www/wp-content/themes/ccli/single.php on line 72