TEAP: informações essenciais para quem vai prestar a prova

Exame é a porta de entrada para muitos mestrados e doutorados. Então, confira as características e quais instituições aceitam a certificação

teapUtilizado para comprovação de proficiência em leitura e compreensão de textos em inglês para fins acadêmicos, o TEAP nasceu de uma tese de doutorado e é, atualmente, o exame mais procurado por candidatos ou alunos de pós-graduação, acadêmicos e profissionais em geral; é também aceito pelas universidades públicas e particulares mais renomadas do país, como a Unesp, PUC, Unicamp, Famerp e USP.

Desenvolvido pela instituição brasileira Tese Prime – sistema de avaliação linguística, o teste só pode ser aplicado por centros autorizados credenciados pela própria Tese Prime, a qual conta com mais de 60 centros autorizados espalhados em 19 estados do Brasil, além de um na Colômbia.

O teste é oferecido em formato digital com um sistema de segurança avançado, é composto por dois textos em inglês de fontes autênticas sobre assuntos que variam entre acadêmicos e/ou profissionais e conta com 30 questões objetivas, 15 para cada texto, todas escritas em português. O candidato tem 2h30 (150 minutos) para resolver a prova e é pontuado em uma escala que vai de 0 a 100.

Ao fazer o TEAP, o candidato tem a opção de prestar a prova em quatro áreas específicas:

  • Biológicas/Saúde
  • Exatas/Tecnológicas
  • Humanas/Sociais
  • Agrária

Além de poder contar com duas modalidades de aplicação da prova:

  • Coletiva (com datas pré-estabelecidas)
  • Individual (com data agendada)

O TEAP é hoje o Proficiency Test, “tipo de exame que avalia a proficiência, ou competência, que uma pessoa possui, sem referência a um curso em especial” (Lanzoni, 2016)*,que atende de forma mais completa as demandas acadêmicas, principalmente porque ele avalia a habilidade mais utilizada nessa área: a leitura.

O resultado do exame é divulgado em um prazo máximo de 10 dias para a modalidade coletiva e em 2 dias para a modalidade individual (após o recebimento da prova pela central da Tese Prime).

A certificação adquirida pelo TEAP segue os parâmetros internacionais do CEFR (Common European Framework of Reference for Languages) – Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas, além de ter alcance nacional e internacional. A validade do certificado sugerida pela Tese Prime é de dois anos, porém ela pode variar de acordo com os padrões de cada instituição requisitante, por isso é necessário confirmar essa informação nos editais divulgados.

 

*Hélcio Lanzoni é doutor em Linguística Aplicada pelo Instituto de Estudos da Linguagem (IEL), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). É professor de graduação e pós-graduação e Diretor de Exames da TESE Prime – Sistemas de Avaliação Linguística.

Comente

aprender espanhol Mais notícias

11 agosto

5 motivos para um universitário aprender espanhol

Com o desenvolvimento da América do Sul, o espanhol tornou-se uma língua tão…


Notice: Undefined variable: cacheBlock in /home/cclinet/www/wp-content/themes/ccli/single.php on line 72

Fatal error: Call to a member function end() on null in /home/cclinet/www/wp-content/themes/ccli/single.php on line 72