TEAP: informações essenciais para quem vai prestar a prova

Exame é a porta de entrada para muitos mestrados e doutorados. Então, confira as características e quais instituições aceitam a certificação

teapUtilizado para comprovação de proficiência em leitura e compreensão de textos em inglês para fins acadêmicos, o TEAP nasceu de uma tese de doutorado e é, atualmente, o exame mais procurado por candidatos ou alunos de pós-graduação, acadêmicos e profissionais em geral; é também aceito pelas universidades públicas e particulares mais renomadas do país, como a Unesp, PUC, Unicamp, Famerp e USP.

Desenvolvido pela instituição brasileira Tese Prime – sistema de avaliação linguística, o teste só pode ser aplicado por centros autorizados credenciados pela própria Tese Prime, a qual conta com mais de 60 centros autorizados espalhados em 19 estados do Brasil, além de um na Colômbia.

O teste é oferecido em formato digital com um sistema de segurança avançado, é composto por dois textos em inglês de fontes autênticas sobre assuntos que variam entre acadêmicos e/ou profissionais e conta com 30 questões objetivas, 15 para cada texto, todas escritas em português. O candidato tem 2h30 (150 minutos) para resolver a prova e é pontuado em uma escala que vai de 0 a 100.

Ao fazer o TEAP, o candidato tem a opção de prestar a prova em quatro áreas específicas:

  • Biológicas/Saúde
  • Exatas/Tecnológicas
  • Humanas/Sociais
  • Agrária

Além de poder contar com duas modalidades de aplicação da prova:

  • Coletiva (com datas pré-estabelecidas)
  • Individual (com data agendada)

O TEAP é hoje o Proficiency Test, “tipo de exame que avalia a proficiência, ou competência, que uma pessoa possui, sem referência a um curso em especial” (Lanzoni, 2016)*,que atende de forma mais completa as demandas acadêmicas, principalmente porque ele avalia a habilidade mais utilizada nessa área: a leitura.

O resultado do exame é divulgado em um prazo máximo de 10 dias para a modalidade coletiva e em 2 dias para a modalidade individual (após o recebimento da prova pela central da Tese Prime).

A certificação adquirida pelo TEAP segue os parâmetros internacionais do CEFR (Common European Framework of Reference for Languages) – Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas, além de ter alcance nacional e internacional. A validade do certificado sugerida pela Tese Prime é de dois anos, porém ela pode variar de acordo com os padrões de cada instituição requisitante, por isso é necessário confirmar essa informação nos editais divulgados.

 

*Hélcio Lanzoni é doutor em Linguística Aplicada pelo Instituto de Estudos da Linguagem (IEL), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). É professor de graduação e pós-graduação e Diretor de Exames da TESE Prime – Sistemas de Avaliação Linguística.

Comente

projeto germinar Mais notícias

23 outubro

Projeto Germinar desenvolve ações com líderes da CCLi com foco em relacionamento humanizado

Líderes da CCLi receberam mentoria do Projeto para desenvolver aptidões de conviv…


Notice: Undefined variable: cacheBlock in /home/cclinet/www/wp-content/themes/ccli/single.php on line 72

Fatal error: Call to a member function end() on null in /home/cclinet/www/wp-content/themes/ccli/single.php on line 72