Blog CCLi

O poder dos processos

POR: Daniel Rodrigues – Diretor da CCLi.

Não é à toa que um dos pilares de uma cultura inovadora humanizada é o pilar de processos. Na aula que ministrei na semana passada sobre esse tema, recebi um convidado muito especial que nos trouxe algumas dicas muito importantes que reforçam a visão que defendemos sobre o poder dos processos para uma cultura forte! Afinal, se a cultura é a forma que todos se comportam em determinado ambiente, os processos dão clareza ao fluxo desses comportamentos para que todos possam, no final do dia, comemorar os resultados conquistados por todos. 

Uma dica inicial que o Kelber Zumiotti, da iProcessos, destacou é que muitos confundem processo com procedimento! Processo é o fluxo, a sequência, a ordem escolhida para fazer com que as coisas aconteçam na empresa. Procedimento é o modo que escolhemos executar o processo. Empresas com processos semelhantes podem ter procedimentos totalmente diferentes para executá-lo já que a cultura terá forte influência na execução. Ele ressalta que a própria empresa é um processo. E entender sua própria forma de se organizar e buscar harmonia e integração entre os processos trazem uma clareza maior para o fluxo de trabalho e, consequentemente, ajuda a reforçar o ambiente de trabalho.

O que geralmente nos esquecemos ao longo da jornada pela sobrecarga de tarefas que acabamos tendo no dia a dia na nossa liderança é que os processos são feitos por pessoas justamente para empoderar ainda mais as próprias pessoas na organização. Como ele demonstrou: “pessoas inteligentes definem processos inteligentes para termos pessoas cada vez mais empoderadas no negócio”. E lembrarmos disso pode fazer toda a diferença nesse pilar já que nos ajuda sempre a manter claro para todos porquê os processos existem, nos ajudando, assim, a evitar a cilada de cumprirmos processos simplesmente porque eles existem e precisam ser cumpridos. Quem nunca se pegou em uma situação em que o fluxo de trabalho da forma que existe não funciona mais como costumava funcionar e mesmo assim todos repetem a mesma sequência porque como sempre funcionou é assim que precisa ser feito?

Como sabemos, uma cultura inovadora humanizada terá atenção à dimensão externa do pilar ambiente justamente porque nenhuma empresa está isolada no mundo. Quando as pessoas inteligentes escolhem o melhor processo para lidar com os desafios que estão enfrentando, construindo diferenciais competitivos e empoderando as pessoas no ambiente interno, estão lidando com um contexto externo que é volátil, em constante mudança. Uma simples alteração nesse contexto pode exigir ajustes no processo. E é exatamente aqui que temos o poder dos processos na sua dimensão máxima! Além de nos permitir um fluxo de trabalho inteligente que empodera todos que o executam, eles são base para os resultados que queremos atingir. Quando os indicadores de resultado sinalizam que precisamos fazer algum ajuste, a inovação em processos é uma forma de nos mantermos competitivos e de lidarmos com todas as mudanças que tem nos afetado na busca por mantermos vivo nosso propósito de existir num mundo tão acelerado. 

Inovar em processos é em si um processo! Quando as pessoas entendem isso, poderão contribuir com sua inteligência e criatividade para otimizar continuamente os processos existentes questionando-os e buscando sempre novas formas de garantir que a única coisa imutável na empresa possa persistir: o impacto do seu propósito de existir no mundo. 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe!

Confira mais conteúdos da CCLi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 3211.6777

ccli@cclinet.com.br

Acompanhe nossas redes!